O Que Fazer em Manaus – 11 Dicas de Lazer

Manaus é uma cidade Maravilhosa, uma grande metrópole que ainda mantem suas origens e ao mesmo tempo avança tecnologicamente. Tem tanto o que fazer em Manaus, que você vai se surpreender.

Se você é de Manaus ou está pensando em nós fazer uma visitinha ou quem sabe, morar aqui. Eu vou dar 11 dicas de lazer em Manaus incríveis. E se você acha que aqui só tem índio e floresta, acertou! Digitei este artigo com 2 cocos enquanto pescava de arco e flecha (rsrs), brincadeiras à parte.

Venha conhecer nossa cidade, se não for por uma visita, mergulhe nesse artigo.

Aposto que a maioria dos meus conterrâneos manauaras nunca fizeram o que está nas dicas 3 e 7. Mas se tiver feito, comente aqui embaixo, conte como foi sua experiência.

1 – Conheça o Centro Histórico

centro-historico-de-manaus

O Centro de Manaus, também conhecido como Centro Histórico de Manaus, sobretudo é uma das regiões com a maior carga cultural da cidade, até hoje nessa região se mantem muitas de suas fachadas e prédios dos séculos passados, transbordando histórias e lendas.

O Teatro Amazonas é, sem dúvidas, o cartão postal de Manaus. Não dá para passar pela cidade sem conhecer o seu principal ponto turístico. Localizado no Largo de São Sebastião, no Centro de Manaus, mantém viva boa parte da história do ciclo da borracha, época áurea da capital amazonense. Inaugurado no dia 31 de dezembro de 1896, o Teatro surpreende e encanta pela imponência.

Logo atrás do Teatro, atravessando a rua você vai se deparar com um palácio amarelo protegido por um muro de pedras avermelhadas. Trata-se do Palácio da Justiça, cuja obra foi parte do plano de glamourização da cidade, estabelecido pelo governador Eduardo Ribeiro. Obra centenária, foi concluída no início do século XX para abrigar o Poder Judiciário. Sua inauguração foi realizada em 21 de abril de 1900.

A Praça Heliodoro Balbi, certamente é uma das mais arborizadas e bonitas de Manaus, possui um Coreto de ferro que dá vida a esporádicos concertos de música, conta com duas piscinas ornamentais, árvores, quiosques e sebos, além do tradicional Café do Pina, bancas de tacacá, sorvete, entre outros. No espaço são também realizados diversos eventos como shows musicais, concertos, atividades circenses, espetáculos natalinos, por exemplo.

Invariavelmente você passará pelo Porto de Manaus, pois é de lá que partem os passeios mais procurados pelos turistas, como o encontro das águas e mergulho com botos. Esse é o maior porto flutuante do mundo, projetado para acompanhar o nível da água, que varia muito ao longo do ano.

2 – MUSA (Museu da Amazônia)

Criado em janeiro de 2009, o Musa ocupa 100 hectares da Reserva Florestal Adolpho Ducke, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA, em Manaus. Uma área de floresta de terra firme, nativa, que há mais de 60 anos vem sendo estudada com paixão. Os resultados dessas pesquisas, reunidos em catálogos sobre temas como plantas, pássaros e rãs, contam o que o Musa quer mostrar ao visitante.

Encontramos no Musa: exposições, viveiro de orquídeas e bromélias, lago, aquários e laboratórios experimentais de serpentes, de insetos e de borboletas. Uma torre de 42 metros permite fruir uma magnífica vista do dossel das árvores da floresta, inesquecível quando vista às seis da manhã.

Trilhas na floresta proporcionam ao visitante passeios agradáveis e descobertas surpreendentes. No Musa são desenvolvidas pesquisas em divulgação e popularização da ciência e da educação científica e cultural.

Casa de cultura e ciência, de convivência e celebração da diversidade do ser no mundo. Um lugar onde os humanos e não humanos vivam juntos, felizes.

3 – Museu do Seringal Vila Paraíso

O Museu do Seringal Vila Paraíso, localizado no Igarapé São João, na área rural de Manaus, foi inaugurado no dia 16 de agosto de 2002. O espaço certamente reproduz um seringal do final do século XIX e início do século XX, época do ciclo da borracha e sobretudo um período de grande ascensão econômica do Amazonas.

Nas visitas, que são guiadas, é possível conhecer desde o processo de produção das borrachas até a diferença latente entre o modo de vida do seringueiro por exemplo, o qual vivia em condições análogas à escravidão, e a do seringalista, o dono do seringal que ostentava uma vida de luxo e conforto, mesmo estando dentro da floresta.

Esse Museu tem 3 peculiaridades interessantes. Primeiramente sua localização, pois fica a cerca de 25 minutos de barco de Manaus, em uma zona rural acessível por água.

Em segundo, suas instalações, que originalmente foram usadas como locações para as filmagens do longa metragem “A Selva”, do diretor português Leonel Vieira, que adaptou o livro de mesmo nome do escritor português Ferreira Castro.

Como contrapartida do apoio dado pelo Governo do Estado do Amazonas à produção do filme, o cenário foi doado para a Secretaria de Cultura, que o transformou no Museu do Seringal Vila Paraíso, onde certamente foi bem aproveitado.

Aliás surpreendentemente, conversando com a administradora do Museu, e ao assinar o caderno de visitas, descobri que a grande maioria das visitas que recebem são de turistas, e não de nós manauaras (me sentindo Manauara, rsrs). De certo por ser isolado e pela falta de divulgação.

Enfim, vale a pena visitar, para ter uma experiência diferente e para conhecer mais desse período tão importante para nossa história.

4 – Restaurantes

Manaus certamente é um ótimo lugar para se provar comidas e bebidas diferentes. Afinal, nossa Amazônia é rica em frutos exóticos que são encontrados somente aqui. Eventualmente não pode faltar também os peixes, os mais apreciados são o Tambaqui, Pirarucu e o jaraqui (prove todos com farinha do Uarini). Recomendo igualmente, que conheça e prove claro, o Cupuaçu, o Tucumã, a Pupunha e o Piracuí.

Em Manaus, você encontra os mais variados preços de comida, sobretudo vai do bolso de cada um. O importante assim sendo é provar dessa culinária tão incrível. Então vou deixar algumas recomendações:

Moquém do Banzeiro – localizado na Avenida Umberto Calderaro, 455 bairro Adrianópolis, é um excelente restaurante para você que quer provar uma comida feita de maneira mais sofisticada. Se você puder experimente visitar o Banzeiro, desde que o preço levemente mais alto não seja um problema, você vai experimentar coisas incríveis (peça o Suflê de cupuaçu com calda de brigadeiro).

Coco Bambu Manaus – localizado em uma das regiões mais nobres de Manaus na Avenida Coronel Teixeira, 5705 bairro Ponta Negra, Shopping Ponta Negra. É um restaurante super conhecido, com comida excelente, ambiente agradável, alto padrão. Apesar de não ser um restaurante com origem aqui. Recomendo para você e sua família.

Lanche do Careca Lindo – localizado na Rua Visconde de Porto Alegre, 1543-B bairro Centro, preço em conta e grande variedade de lanches, seu dono é famoso não apenas pela comida, mas também por falar e desafiar seus clientes a repetir o vasto cardápio de sucos, há algum tempo lançou o desafio de que quem conseguir falar todo o cardápio de sucos sem ler no papel, leva 13 anos de lanche de graça.

Enfim, são muitas opções mesmo, veja o vídeo abaixo para vocês conferirem.

Porão do Alemão – localizado na Estrada da Ponta Negra 1986, São Jorge. Primeiramente, não é bem um restaurante exclusivamente, funciona como Pub, casa de show também, mas que amo de paixão. Contudo tem opção lá para todos os gostos, na frente tem um lindo espaço aberto, para beber, comer e conversar com os amigos.

Se quiser pode entrar na pista, onde tem bar, palco com apresentação de diversas bandas e DJ. Mas caso queira curtir tudo longe da “multidão”, eles tem uma área VIP bem confortável, onde você pode aproveitar tudo em um ambiente sofisticado e gostoso.

Leia também: Onde Encontrar Casas Para Comprar em Manaus

Possuem um amplo cardápio que vai de frutos do mar, petiscos, hambúrgueres, comida japonesa e mais. Não deixe de visitar. Entretanto, se quiser mais opções de restaurantes populares em Manaus, acesse o site abaixo e escolha o que mais lhe agradar Trip Advisor restaurantes.

5 – Praia da Ponta Negra

ponta-negra-manaus
Fonte: Wikipedia

Sem dúvidas você não pode deixar de visitar uma das áreas mais nobres de Manaus, ambiente com calçadão de pedras portuguesas, inspirado no piso do Largo de São Sebastião, três mirantes com vista para o Rio Negro na Praça da Marinha, além de anfiteatro, escadaria, passarela, praça na rotatória com chafariz e espelho d’água, com fonte que funciona com música e iluminação a LED. E, certamente, uma linda praia com águas negras.

6 – Cachoeiras e Grutas de Presidente Figueiredo

As cachoeiras de Presidente Figueiredo são imperdíveis e um espetáculo à parte para quem vai viajar para Manaus. A “Terra das Cachoeiras”, como é conhecida, fica bem pertinho: apenas 107km de Manaus. Você pode visitar não só as mais de 100 cachoeiras catalogadas, como também grutas, cavernas e corredeiras.

Todavia a cidade é considerada um dos principais destinos de ecoturismo de aventura da região. Vale a pena conferir!

7 – Ônibus turístico de Manaus

Então se não souber o que fazer em Manaus, que tal pegar o ônibus turístico estilo inglês com 2 andares que passa pelos principais pontos turísticos, como casarões, arena, praia da Ponta Negra e ponte Rio negro?

A saída é na praça são Sebastião, onde fica o Teatro Amazonas, a duração do passeio é de 2 a 2:30, parando 15 min na praia de ponta negra e assim retornar ao mesmo local de partida.

O serviço é para turistas nacionais, estrangeiros e ao mesmo tempo para moradores de Manaus. Afinal você que é de Manaus, já experimentou?

8 – Viagem de Barco pelo Rio Amazonas

viagem-de-barco-rio-amazonas

Certamente muitos barcos saem diariamente do porto de Manaus, para os mais variados destinos, é possível ir até os Estados vizinhos navegando.

Vale a pena ter essa experiência de viajar pelos rios da Amazônia. Visto que lembrará disso o resto da vida.

É tudo muito lindo e diferente, eu que vim para Manaus de uma terra sem esse tanto de água, fiquei muito comovida e impressionada, não apenas com a imensidão dos rios como também com sua beleza peculiar.

9 – Arena da Amazônia

arena-da-amazonia
fonte: Wikipedia

A Arena da Amazônia foi um dos estádios construídos para sediar os jogos da Copa de 2014. Desse modo, dispõe de capacidade para 45 mil pessoas, foi construído com sua arquitetura inspirada em conceitos da Amazônia.

É de uma beleza imponente e sem igual. Motivo de grande orgulho de todos aqui, pois é o único Estádio da cidade com nível internacional.

Hoje em dia acontecem jogos do brasileirão e regionais, bem como shows e eventos.

10 – Zoológico do CIGS

Zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva – ZOO CIGS, ao longo de mais de 49 anos, tem lutado de fato para preservar as espécies amazônicas. Possui mais de 200 animais, como: jabutis, jacarés, araras, cobras, tigre e principalmente uma área para os macacos.

É um lugar interessante para famílias com crianças. Custo baixo de visitação e vale super a pena.

11 – Visitar Tribos indígenas e nadar com botos

o-que-fazer-em-manaus

Eu sempre soube dessa opção de Tour aqui em Manaus, mas ainda não tive a oportunidade de fazer. Li mais a respeito no Blog Torrada Torrada, da Luanda Gazoni. Ela dá uma descrição inegavelmente detalhada da viagem dela aqui no Amazonas, simplesmente incrível.

Sem dúvida uma experiência única de vida, estar em contato tão próximo com a natureza é algo que poucos podem experienciar, a principio. E se você tiver a chance, certamente deve agarrar com unhas e dentes (rsrs).

Já tive contato com alguns indígenas diretamente, mas não visitei uma tribo, dentro da floresta amazônica e apesar de já ter visto muitos botos, não nadei com eles. Mas com certeza vou fazê-lo.

No blog da Luanda, a saber, ela faz o relato todo da viagem, com dicas de preços, como solicitar e fazer os passeios, além de ter documentado tudo em vídeo. Portanto se puder, dá uma conferida.




Manaus é a cidade que escolhi morar, mas acima de tudo, meu noivo é daqui e já é a primeira coisa que amei nessa cidade. É uma cidade com altos e baixos eventualmente, sem dúvida, mas com lugares lindos e sem os agitos muito pesados de megas cidades, mas sem deixar a desejar em nada. Certamente agora você já sabe o que fazer em Manaus com essas 11 dicas de lazer.

Então se um dia pensar em viver aqui, fale comigo, ajudo você em tudo o que for possível. Comente o que achou do artigo e se tem algum lugar que você visitou ou sem dúvida gostaria de visitar e que eu não citei.

Tags: | | |

Sobre o Autor

Maria Araújo
Maria Araújo

Maria Araújo - Autora do Blog More Manaus, formada em Letras Português pela Universidade Estadual da Paraíba, Técnica em Transações Imobiliárias pelo SENAC. Atravessou o Brasil para realizar seus sonhos e agora quer ajudar você a conquistar os seus.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. Gostaria de.saber sua sincera opinião sobre.ir.a. Manaus no mês de dezembro (quando posso ir). Vale a pena? Da pra fazer os passeios todos (período chuvoso)?
    Gostaria de saber sobre eventos na virada de ano, é legal? Você indica algo?

    • É possível passear sim em Dezembro, pois ainda é comecinho do período de chuvas, mas a partir da metade de janeiro, fevereiro é complicado, tem vezes que chove 2, 3 dias seguidos. Vale a pena vir em Dezembro sim.

      Existem muitos lugares para se ir na virada de ano, mas tudo depende dos seus gostos. A Virada na Praia da Ponta Negra costuma ser muito boa, mas você também pode curtir no Red Dog Pub, no Tropical Executive Hotel, Hotel Juma Ópera, Skarimbloco, Porão do Alemão.

      Mas existem eventos únicos que são anunciados no fim de novembro pra dezembro que ocorrem em vários pontos da cidade. ah, existe também o Réveillon Fluvial, algumas empresas de turismo organizam passeios para você fazer nesse período e você pode passar a virada de ano curtindo em um barco no meio do rio.

      Ah se nunca veio aqui, saiba que é bem quente, quando fui ao Nordeste, achei lá frio em relação a Manaus, rs.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.